Governo do Distrito Federal
25/11/22 às 8h11 - Atualizado em 25/11/22 às 8h12

Hospital Veterinário móvel já realizou 1,5 mil consultas neste ano

COMPARTILHAR

A unidade móvel do Serviço Veterinário Público (Hvep) está na Administração Regional de Sobradinho | Fotos: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

A unidade móvel de atendimento do Serviço Veterinário Público (Hvep) já realizou 1,5 mil consultas neste ano. Em Samambaia, 850 cães e gatos receberam cuidados médicos entre fevereiro e maio. Outros 650 bichinhos foram atendidos no Riacho Fundo, de junho a outubro. Agora, o serviço está sendo prestado na Administração Regional de Sobradinho.

 

A iniciativa promove consultas clínicas e ambulatoriais, exames de sangue, aplicação de medicamentos e curativos, além de ações educacionais, como sobre a importância da castração e vacinação, e orientações sobre os serviços disponíveis no hospital público.

 

A diretora técnica do Serviço Público Veterinário do DF (Hvep), Lindiene Samayana, afirma que as cidades foram escolhidas para levar o cuidado médico a quem tem dificuldade de ir até a sede do hospital, de forma que o serviço veterinário seja descentralizado. “Nosso objetivo sempre será atender toda a população do Distrito Federal. Com o ‘pet móvel’, conseguimos expandir o conhecimento sobre a saúde dos animais e divulgar os serviços gratuitos que oferecemos para as pessoas que realmente precisam”, afirma.

 

Zelo e carinho

O serviço funciona por ordem de chegada, de segunda a sexta-feira. A triagem começa às 7h30 e as consultas, às 8h. Todos os dias, são distribuídas dez novas vagas para triagem de animais e cinco retornos programados dos pacientes.

 

“Avaliamos o paciente para saber se tem condições de ser atendido na unidade móvel ou se precisa de um tratamento mais avançado, porque, no trailer, conseguimos fazer apenas atendimentos de baixa complexidade”, explica a médica veterinária Rafaella Caroline de Paula, responsável pelas consultas.

 

Em caso de necessidade de cirurgias, internações e exames de imagem (raios X, ultrassom), os tutores são orientados a ir direto para o Hvep, localizado no Parque Ecológico do Cortado, em Taguatinga. O mesmo vale para animais em situação de emergência ou em risco de morte.

 

Rosimeire Ribeiro, 57 anos, aproveitou a chegada da unidade móvel para cuidar da saúde das cachorrinhas Bela, 12, e Lili, 8. Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Moradora do Setor de Mansões de Sobradinho 2, Rosimeire Ribeiro, 57 anos, aproveitou a chegada do “pet móvel” para cuidar da saúde da cachorrinha Bela, 12. “Há um tempo, apareceram carocinhos no peito dela, e já era pra ter levado no médico. Mas é muito difícil ir até Taguatinga, tem que chegar muito cedo, e acho perigoso ir sem carro”, conta.

 

“Quando o ‘pet móvel’ chegou aqui, fiquei muito feliz. Já aproveitei e trouxe a Lili, de 8 anos, que fez exames de sangue para descobrir o porquê da queda de pelo”, completa. A cadela Bela terá que passar por cirurgia para retirar os nódulos da mama. O procedimento será agendado no serviço público.

 

Hvep móvel

→ Local atual: Administração Regional de Sobradinho – Quadra Central, Setor Administrativo, Lote A, Sobradinho
→ Horário de triagem: das 8h às 12h. Horário de atendimento dos retornos: das 13h às 17h.
→ Serviços ofertados: consulta clínica geral, hemograma, exames bioquímicos, curativos simples, aplicação de medicações (a depender do caso) e orientações educacionais.

 

 

Com informações da Agência Brasília

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543